quarta-feira, 1 de julho de 2015

Como praticar a Oração do Silêncio diante do Santíssimo Sacramento


Oração silenciosa pessoal

Em nosso relacionamento com Deus, podemos chegar a este nível de intimidade, pela prática da Oração do Silêncio. Quando entramos na Oração do Silêncio, começamos a descobrir quem somos e aprendemos a descansar no amor de Deus. Entrar nesta Oração do Silêncio, diante do SSmo Sacramento, supõe crer que a Eucaristia é uma PRESENÇA, isto é, supõe, firme e amorosamente crer que Jesus está presente na Eucaristia.

ORAÇÃO DO SILÊNCIO é o lugar onde descobrimos nossa verdadeira identidade. Tomas Merton, monge trapista, escreveu muitos livros sobre o tema da contemplação. Nos seus livros, analisando a sociedade de hoje, afirma que o maior problema da sociedade moderna é o que ele chama de crise de identidade. As pessoas não sabem quem são. À pergunta: Quem é você? segue como resposta: “Eu sou advogado, médico, professor, mecânico”, etc.

As pessoas colocam o acento no que e não no que são. Valoriza-se a produtividade, pauta-se a vida no consumismo. A modernidade está marcada pela cultura do ter mais (dinheiro, casa maior e melhor, o carro do ano, a grife do momento, etc.). Segundo Tomas Merton estamos numa cultura hiperprodutiva e hiperativa. E, como resultado desta hiperatividade e hiperprodutividade, desconhecemo-nos a nós mesmos. Perdemos a capacidade de estar a sós conosco mesmos.

Para ilustrar esta realidade, segue a historinha:
A MULHER DO PREFEITO
Morreu a mulher do prefeito e chegou ao céu. O porteiro, São Pedro, lá não estava. Esta vez era Jesus o recepcionista. A mulher estranha… e pergunta:
“Por favor, onde está São Pedro”? 
Respondeu Jesus: 
“São Pedro está trabalhando na porta do céu, há mais de 2000 anos sem ter tido folga alguma. Assim decidi mandá-lo, de férias, para o Hawaí, a fim de bronzear-se”. E, voltando-se para a mulher do Prefeito, diz: “Benvinda ao céu! Quem é você?”
Ela pensou consigo mesma: 

Se alguém deveria saber quem sou, seria Jesus. E de pronto diz: “Eu sou a mulher do Prefeito!” 
E Jesus responde:
“Eu sei que você é a mulher do prefeito, mas não lhe perguntei a respeito de sua posição social, dentro da comunidade. Quem é você?” 

E ela:
“Eu sou uma esposa e uma boa mãe”.
Mas eu não lhe perguntei a respeito dos papéis que você executa, na sua família. Quem é você?, pergunta Jesus.
Agora a mulher está começando a ficar nervosa e diz:
“Eu dei aula durante 42 anos”. 

E Jesus:
Sim, eu sei você era professora. Você ajudou a muitos meninos e meninas. Mas não lhe perguntei pela sua vocação, pela sua profissão. Quem é você? 

Bem mais nervosa, ela diz:
“Mas, Jesus, Jesus! Eu fui à missa e à santa comunhão, cada domingo, durante 72 anos!” 

E Jesus responde:
“Eu sei que você era uma mulher muito devota e piedosa. Mas, não lhe perguntei a respeito de suas práticas religiosas.” Quem é você? 

E ela:
“Eu não sei. 

E Jesus diz-lhe então:
“Devo mandá-la de volta para a terra, até que você descubra quem você é”.


Tomas Merton, nesta análise crítica do homem moderno, afirma que a maioria das pessoas de nossa sociedade contemporânea, não sabe quem são. Identificam-se com aquilo que fazem e, em conseqüência, não sabem quem são.
Por isso, a oração pessoal, a contemplação é importante. Desde o início aqui falamos da ORAÇÃO DO SILÊNCIO, que Tomas Merton propõe para a pessoa precaver-se de ser contagiada pela hiperatividade e hiperprodutividade.

Neste Ano da Eucaristia, praticar a ORAÇÃO DO SILÊNCIO, diante do SSmo. Sacramento, pode ser um começo para então tornar-se um salutar hábito de vida. Em que consiste? – Trata-se de um verdadeiro exercício. Vamos propô-lo:

Colocando-se diante da Eucaristia, seja numa Igreja ou numa capela, após breve adoração, procure sentar-se confortavelmente; acolha a si mesmo/a e afaste todas as preocupações, isto é, acalme-se. Inspire, dizendo: “Em nome do Pai e do Filho” e, expire, mentalizando…”e do Espírito Santo”. Tome consciência de que você é morada do Espírito Santo. Repita este exercício 4 ou 5 vezes. É o exercício da SERENIDADE. Diga agora ao Senhor: “Senhor, quero passar este tempo com você, acolher seu amor e descansar no seu amor”.
Agora acolha o SILÊNCIO e faça silêncio. Esvazie-se e entre em silêncio total. Permaneça assim, mesmo ocorrendo pensamentos de distração. Responda a eles com determinada Palavra que você escolheu, por exemplo: JESUS, JESUS! Fale esta palavra para dentro do pensamento estranho que lhe ocorrer e desviar sua atenção. Assim você volta ao Silêncio total. Talvez consiga mantê-lo por 2-3 minutos e pode então ocorrer outra interferência de pensamento estranho. Proceda da mesma forma como acima indicado.
Neste silêncio total você é presença diante de uma PRESENÇA, em solidão, diferente de solitário. É SOLIDÃO fecunda que faz acontecer a descoberta de você mesmo/a: sua riqueza, seus dons, seu valor diante de quem o/a ama.

O silêncio é a primeira linguagem de Deus. Oração não é algo que nós fazemos para Deus. Oração é algo que Deus faz por nós. Na ORAÇÃO DO SILÊNCIO damos nossa atenção a Deus e o Espírito Santo começa a trabalhar em nós; inicia um processo de purificação, a purificação desde o interior onde nascem as reais motivações de nossos atos. Na medida em que crescemos na capacidade de entrar em silêncio, começamos a ouvir Deus falando em nós. E Deus diz: “Você é meu filho muito amado. Você é minha filha muito amada. Eu te amo!” Esta é a nossa identidade radical. Viemos de Deus e estamos voltando para Deus.

Concluindo, a oração é este momento em que damos atenção a Deus e Deus nos revela quem nós somos. Assim quando cada qual chegar à porta do céu e Jesus perguntar: "Quem é você?", com certeza você dirá: EU SOU SUA FILHA AMADA! EU SOU SEU FILHO AMADO!
E Deus dirá: "SIM, VOCÊ É …! Entra, e viva para sempre comigo."

Oração silenciosa pessoal
Ir.M.Fátima Maldaner

Fonte:

http://rainha.notredame.org.br/noticias/a-%E2%80%9Coracao-do-silencio%E2%80%9D-diante-do-santissimo-sacramento/





Avisos

Olá irmãs e irmãos de fé! Paz e Bem!

Para ajudar, tenho colocado as orações do programa de rádio Momento de Fé, porém muitos estão se confundindo e achando que meu blog é do Padre Marcelo Rossi. Irmãs(os), este blog não é do Padre Marcelo Rossi, para que sua mensagem chegue ao padre, você terá que acessar os sites dele : 1) Padre Marcelo Rossi 2) Facebook Padre Marcelo Rossi

Obrigada - Adriana/Devoção e Fé

Postagens Recentes

Pesquisar neste blog e na web

Carregando...